É bem provável que você não tenha parado para pensar que está cobrando o seu cliente de maneira errada e que isso vem acontecendo há um bom tempo. Afinal, a forma de cobrança vem evoluindo muito nas últimas décadas e, especialmente, nos últimos anos, quando começaram a surgir plataformas de cobranças recorrentes gratuitas e capazes de te ajudar a ter um processo financeiro muito mais efetivo, rápido e seguro.

Mas, calma, vamos por partes! Se você está cobrando o seu cliente de maneira errada, não se preocupe, porque vamos te ajudar a encontrar um equilíbrio para que suas cobranças não sejam mais um problema. Veja abaixo algumas informações relevantes sobre esse assunto!

Quer saber se você está cobrando o seu cliente de maneira errada?

Para você saber se está cobrando o seu cliente de maneira errada, é importante pensar em alguns fatores determinantes para que isso realmente esteja acontecendo na sua empresa ou caso você seja um prestador de serviço autônomo. Vamos ver quais são:

1 – Você mesmo é quem cobra o seu cliente

Você precisa mensalmente cobrar o seu cliente para que ele vá até o seu escritório ou empresa para te pagar o valor combinado entre vocês. Se isso está acontecendo, significa que o seu processo de cobrança ainda é muito arcaico e que depende de um jogo de cintura que pode ser um pouco desgastante para ambos os lados. Afinal, tenha a certeza de que, na maioria das vezes, o seu cliente quer pagar na data certa, mas ele precisa ser relembrado da data correta dessa obrigação, já que existem inúmeros problemas que uma empresa enfrenta e que podem fazer com que o pagamento dos fornecedores atrase. Então, se você está lidando com a necessidade de relembrar o cliente diretamente, é porque a sua forma de cobrança está errada.

2 – Você lida com constantes atrasos

Quando temos um cliente antigo, é muito comum que ele comece a advocacia/" class="rank-math-link">atrasar o pagamento, especialmente se não existe a incidência de juros. E, vamos combinar: se você cobra diretamente o seu cliente, seja por meio de dinheiro vivo ou mesmo por transferências bancárias, fica um pouco complicado acrescentar juros a uma pessoa que está contratando seus serviços há muitos anos.

Por isso, é extremamente comum que os clientes que pagam dessa maneira atrasem, justamente porque sabem que não vão pagar nada a mais por isso. Mesmo que sejam clientes antigos, você precisa estabelecer um limite de atraso para não sofrer com a inadimplência e não ter um pagamento muito bagunçado, que irá atrapalhar o seu setor financeiro. Se você está lidando com atrasos constantes, saiba que você está cobrando seu cliente de maneira errada, e que isso pode ser solucionado rapidamente.

3 – Seus pagamentos não são organizados em um único dia ou em uma única semana

Se você recebe seus pagamentos mensais em dias diferentes do mês, mais uma vez, significa que você está cobrando seus clientes de maneira errada. Seja você um empresário de porte pequeno ou mesmo um trabalhador autônomo ou profissional liberal, é interessante receber os pagamentos em uma mesma semana ou até mesmo no mesmo dia. E aqui vai uma dica de ouro: mesmo que os seus clientes paguem em dias diferentes, é completamente possível organizar os seus recebimentos para que eles caiam na sua conta em um dia estipulado do mês. Isso vai garantir que você possa ter uma saúde financeira adequada!

Então, como cobrar meus clientes de maneira certa?

Falamos ao longo deste texto alguns dos motivos que demonstram que você está cobrando o seu cliente de maneira errada. Mas qual seria a forma mais próxima de se tornar a mais organizada possível? Nossa sugestão é utilizar plataformas de cobranças recorrentes, especialmente se você é uma empresa pequena ou média, que não quer gastar muito para fazer essas cobranças.

Abaixo, resumimos os principais motivos para que as plataformas de cobranças recorrentes sejam a forma mais correta de cobrar o seu cliente sem precisar pagar por isso, ou seja, pagando apenas pela emissão da cobrança, sem mensalidades!

1 – Você costuma receber no prazo correto

As plataformas de cobrança recorrente permitem enviar lembretes ao seu cliente sem que você precise falar diretamente com ele todos os meses a respeito do pagamento. Isso costuma significar o pagamento na data correta já que, muitas vezes, ao enviar um boleto, o cliente se sente na obrigação de cumprir o prazo estipulado do vencimento, diferente do que acontece quando você permite a transferência bancária ou pagamento em dinheiro vivo. Além disso, você pode combinar um dia de pagamento com o cliente e emitir esse boleto sem ter que precisar marcar uma data para que ele vá até a sua empresa ou para que ele faça essa transferência – isso sem contar com a cobrança de juros que pode ser acrescentada na cobrança. Unindo esses fatores (lembretes, cobrança de juros, e data estipulada pelo boleto pela cobrança) você consegue receber na data correta com mais frequência.

2 – Você organiza os seus pagamentos, independente do dia em que seus clientes te paguem

Outra vantagem das plataformas de cobranças recorrentes, é o fato de que você consegue fazer a transferência para sua conta corrente quando achar necessário, ou quando todos os seus clientes já tiverem feito o pagamento do mês. Isso te ajuda a ter um montante maior sendo transferido para sua conta e, com isso, maior controle financeiro dos seus recebimentos.

Além disso tudo que citamos, é importante falar que o cliente se sente mais seguro e mais confortável para fazer pagamentos de maneira mais indireta, porque isso soa bem mais profissional e garante que sua comunicação com ele não tenha interferências de cobranças por atraso. Relacionamento mais tranquilo e os seus pagamentos muito mais organizados.

Gostou das dicas de hoje? Compartilhe nas redes sociais!

Foto de Andrea Piacquadio no Pexels